Psicogeriatria

O envelhecimento da sociedade é um fato. Obviamente que temos que ter clareza que a afirmativa significa muito mais do que aumento da expectativa de vida. Excelentes trabalhos têm discutido não só o fato em si, mas principalmente suas consequências. A discussão sobre a reforma da previdência no Brasil e o impacto socioeconômico que essa mudança trará já é um reflexo dessa percepção.

5 tendências da psicologia para 2017

Image_AlexisAnderson_US

2016 foi um ano difícil em diversos aspectos para nós, psicólogos e, porque não, brasileiros. Mas esse novo ano chega com novas oportunidades de atuação para psicólogos, e até como um ano para reafirmar áreas clássicas, mas muito relevantes, da profissão. Sucesso profissional depende dentre outras coisas de investimento, tentar o novo e aceitar desafios. Assim, apresentamos uma lista com cinco tendências para o ano que em breve se iniciará:

Metas para o ano novo: como a psicologia pode ajudar?

O final do ano se aproxima, e nesse período geralmente fazemos uma retrospectiva dos nossos planos e conquistas do ano atual, bem como o estabelecimento de metas para o seguinte. Curiosamente, percebemos que boa parte daquilo que nos propusemos a fazer não deu em nada, ao mesmo tempo em que acumulamos uma série de conquistas que não estavam nos planos originais. Ainda assim, mesmo diante dessa conclusão, ano após ano estabelecemos novas metas que julgamos precisar cumprir, ignorando que no próximo mês de dezembro seremos assolados pelo mesmo resultado: muitas coisas não foram concluídas, muitas coisas feitas não foram listadas.

Quer saber mais sobre a Coleção Neuropsicologia na Prática Clínica?

livros-col-neuro

No Brasil existem diversos livros e textos de Neuropsicologia que apresentam e sintetizam as bases teóricas, introduzindo poucas questões relativas às suas aplicações clínicas. Estes livros tiveram (e ainda têm) um papel fundamental para despertar o interesse de graduandos e na formação básica de especialistas em Neuropsicologia. Hoje a neuropsicologia brasileira não é mais incipiente e a necessidade de atualização e a formação continuada ocupa um lugar tão importante quanto a de formação de novos profissionais.

Como a escola pode se beneficiar do laudo de avaliação neuropsicológica?

post

A avaliação neuropsicológica (AN) é uma poderosa ferramenta na promoção da qualidade de vida de pessoas com transtornos psiquiátricos ou do neurodesenvolvimento, pois direciona os passos futuros que devem ser tomados. Devido aos seus benefícios, cada vez mais a AN é indicada para pessoas que apresentam algum tipo de dificuldade na vida diária, no trabalho ou estudos e nas relações sociais.

O que é dislexia?

post_2

Definida como um distúrbio ou transtorno específico de aprendizagem na área da leitura associado a uma dificuldade na escrita e soletração, a dislexia é o distúrbio de maior incidência nas salas de aula. Pesquisas realizadas em vários países mostram que entre 5% e 17% da população mundial é disléxica.

A saúde mental em tempos de crise

blog1

A crise gerada pela bolha imobiliária nos Estados Unidos em 2008 assolou a economia do país e do mundo. Enquanto isso, o Brasil pareceu estar imune a essas dificuldades e continuou prosperando aos olhos da maioria dos cidadãos brasileiros. No entanto, devido a diversos fatores econômicos e políticos, desde o final de 2014 enfrentamos taxas crescentes de inflação e desemprego. A crise econômica bateu, e a solução não parece simples. Muito se fala da saúde financeira nesses casos, mas e a saúde mental? Será que a crise financeira gera impactos no nosso bem-estar psicológico?

Max Pfister pensou!

post_3

Movido por suas intuições a respeito do significado das cores, Max Pfister criou a técnica das pirâmides coloridas. Ele apoiou-se nas impressões subjetivas que as cores despertavam nas pessoas, mas com certa carência de fundamentação cientifica. Robert Heiss e Hildegard Hiltmann, da universidade de Friburgo, Alemanha, se interessaram pelo método e iniciaram pesquisas mais sistemáticas sobre o tema, publicando os resultados em 1951.

O papel estratégico do recrutador e seu impacto no desempenho corporativo

post-blog_img

Recrutar e selecionar talentos com eficácia, além de experiência exige técnica e metodologia, alinhada com a cultura organizacional da empresa. No Brasil, aproximadamente 20% dos psicólogos atuam na área organizacional e do trabalho, recebendo forte destaque na participação ativa nos processos de recrutamento e seleção.