A Escala de Maturidade Mental Colúmbia (CMMS-3) avalia capacidades que são importantes para o sucesso na escola, principalmente para discernir as relações entre os vários tipos de símbolos.

Tem como objetivo avaliar a capacidade de raciocínio geral de crianças de 3 anos e 0 meses a 9 anos e 11 meses de idade. A escala não necessita de respostas orais e pouco depende da motricidade dos participantes.

Seus 92 itens de classificação pictóricos (+3 de exemplo que não são pontuados) e figurativos, estão organizados em uma série de oito escalas ou níveis sobrepostos, e a criança realiza apenas um segmento do teste, aquele correspondente ao nível mais adequado para sua idade cronológica.

 

O que mudou?

  • ALTERAÇÃO DO MATERIAL PARA APLICAÇÃO DA ESCALA – anteriormente aplicado com cartões (95) que foram substituídos por um Livro de Estímulos;
  • POSSIBILIDADE DE APLICAÇÃO DE ITENS ADICIONAIS em participantes com desempenho acima ou abaixo do estabelecido para sua idade cronológica (-10 acertos: idade abaixo e 4 pontos da pontuação máxima: idade acima);
  • AMPLIAÇÃO DA FAIXA ETÁRIA de 3 anos e 6 meses a 9 anos e 11 meses de idade para 3 anos e 0 meses a 9 anos e 11 meses de idade.
  • NOVOS ESTUDOS DE NORMATIZAÇÃO conforme normas CFP para atualização do teste (de acordo com a população brasileira).

 

 

 

Utilização

Por não requerer resposta oral e depender minimamente da motricidade da criança, a CMMS-3 é particularmente útil em:

  • Protocolos de avaliação multidimensional de crianças com suspeita de déficits cognitivos;
  • Crianças com paralisia cerebral que apresentam boa capacidade de compreensão da linguagem, mas déficits de expressão e/ou motricidade;
  • Crianças com transtornos do espectro autista (TEA);
  • Crianças com distúrbio específico da linguagem (DEL), entre outros.

 

Quando os resultados da CMMS-3 são considerados em conjunto com outras informações pertinentes sobre a criança, é provável que se alcance mais compreensão de seu potencial e áreas que necessitam de maior atenção e estimulação.

 

Vantagens

Os resultados obtidos podem auxiliar na seleção adequada de materiais curriculares e de atividades de aprendizagem para todos os tipos de crianças, incluindo as que têm desvantagem cultural e deficiências físicas, bem como as crianças dentro dos padrões de normalidade.

No contexto clínico, é uma ferramenta que auxilia o psicólogo a avaliar diferentes aspectos do desenvolvimento neuropsicomotor;

O bom uso de técnicas de exame em um contexto clínico abrangente pode ser decisivo para questões como a inclusão escolar, uma vez que os resultados nortearão investimentos pedagógicos que farão diferença na formação acadêmica ao longo da vida.

 

Para adquirir o novo CMMS-3, acesse: http://bit.ly/cmms3