figuras da teoria psicanaliticaFiguras da Teoria PSICANALÍTICA

Autor: Renato Mezan

A sessão de autógrafos será realizada dia 15 de setembro às 18h, na Editora e Livraria Casa do Psicólogo (Rua Simão Álvares, n 1020, Vila Madalena – SP).

O título deste livro – Figuras da Teoria Psicanalítica – alude à ideia que os vários capítulos procuram ilustrar: os conceitos, pertençam à Psicanálise ou a qualquer outra disciplina, não têm apenas caráter denotativo. A vida psíquica contém uma rica textura de fantasias, que comportam uma dimensão plástica. O processo primário opera sobre fragmentos de imagens, as recompõe e as organiza de modo a que formem “cenas”, isto é, situações nas quais personagens interagem, se opõem, se aliam, atuam uns sobre os outros. Assim se formam nossos sonhos de cada noite.

A hipótese aqui desenvolvida postula que sob a face abstrata dos conceitos continuam a pulsar as imagens que ancoram as operações do pensamento racional no solo movediço dos processos primários. Examinando noções psicanalíticas como “sedução”, “originário”, “pulsão”, “metapsicologia”, “prazer”, procura-se organizam as fantasias policênicas – para usar uma expressão de Pierre Fédida – que subjazem a certos momentos de sua elaboração em autores como Freud, Stein, Le Guen e Laplanche, aos quais foram acrescentados, nesta segunda edição, escritos de outros psicanalistas.

Como aqui se discute a maneira pela qual se estruturam conceitos teóricos, o objeto de estudo são escritos de analistas, mais do que material proveniente do trabalho com pacientes. Se a hipótese que proponho for aceitável, surge a possibilidade de uma “clínica do texto”, para a qual desejam contribuir estes ensaios.

Renato Mezan

Clique aqui para comprar o livro.