O Brasil alcançou um aumento de divórcios de 160% na última década. Segundo o IBGE, isso representa um salto de 130 mil para 341,1 mil separações homologadas. Dentre os principais motivos que levam o casal a se separar destaca-se a dificuldade na sexualidade, discordância entre ter ou não filhos, falta de diálogo e infidelidade.

A terapia de casal geralmente é procurada em meio a uma crise suficientemente grave para ter levado ao menos um dos parceiros a falar em separação. Na grande maioria dos casos as habilidades sociais estão comprometidas, alterando assim diretamente a dinâmica do casal.
As Habilidades Sociais são entendidas como um conjunto de comportamentos em um contexto interpessoal que expressa sentimentos, atitudes, desejos, opiniões ou direitos desse individuo, de modo adequado à situação, respeitando esses comportamentos nos demais, e que geralmente resolve os problemas imediatos da situação enquanto minimizando a probabilidade de futuros problemas.

Da sociedade para o consultório
O treinamento em Habilidades Sociais é uma ferramenta que o psicólogo dispõe para ajudar os clientes a instalar, ampliar ou lapidar sua relação com o parceiro. Grande parte dos psicólogos clínicos realizam uma avaliação prévia com o objetivo de direcionar este plano de intervenção tornando-o eficaz de acordo com as necessidades de cada casal.

No Brasil, o Inventário de Habilidades Sociais Conjugais, também chamado de IHSC, permite apurar as habilidades do casal em lidar com situações de seu próprio relacionamento por meio de um questionário. Trata-se de um importante instrumento para monitorar a eficácia do tratamento, e assim fornecer feedback de evolução ao casal. Clique e aqui e saiba mais.